2º Concurso de Fotografia Ilustre Amarantino

A II Edição do Concurso de Fotografia Ilustre Amarantino 2017 atraiu largas dezenas de participantes que se inspiraram na figura amarantina de Eduardo Teixeira Pinto para captar magníficos instantâneos.

Para os amantes da arte não poderia haver melhor oportunidade para expressar o seu sentimento, do que num concurso inspirado no mestre da fotografia amarantino, na romântica cidade que ele exaltava nas suas obras.

Amadores e profissionais da fotografia percorreram e captaram os três cenários obrigatórios definidos pela organização e, curiosamente, foi a sensibilidade de um amador que mais impressionou o júri. Alexandre Marinho, luso-descendente amarantino, foi o grande vencedor desta segunda edição.

A exposição de fotografia resultante desta edição do concurso esteve patente na Biblioteca Municipal de Amarante de 1 a 19 de abril do ano passado. À imagem do que aconteceu com a exposição resultante da 1ª edição, as obras inspiradas em Eduardo Teixeira Pinto percorreram várias salas do país.

Em junho, a Galeria do Café Magestic abriu portas para receber as 18 obras premiadas e, no mês seguinte, foi a vez a Biblioteca Municipal de Felgueiras a acolher a exposição resultante da II Edição do Concurso. Em setembro, esteve na Biblioteca Municipal de Chaves e em novembro na Biblioteca Municipal de Penafiel. No último mês do ano as fotografias atravessaram a fronteira, para se exporem na Fundacion Vicente Risco – Allariz, Ourense. A começar o ano, foi possível apreciar a exposição na Biblioteca Municipal de São João da Madeira. Em fevereiro, as fotografias ocupam o Espaço PT Tenente Valadim - Porto.

GALERIA