5ª Edição da FESTA do LIVRO mobilizou milhares de visitantes

A Festa do Livro, promovida pela União das Freguesias de Amarante, foi inaugurada no dia 22 de abril. A abrir o certame, o presidente da junta da União de Freguesias, Joaquim Pinheiro, realçou o poder e importância da leitura, perante dezenas de pessoas que partilham esta paixão pelo livro.

A 5ª Edição da “FESTA do LIVRO” decorreu entre os dias 22 de abril e 1 de maio. Foram 9 dias em que se celebrou o livro, o escritor, o contador de histórias, a dramatização e as palavras, ingredientes que levaram um mar de gente àquele espaço de 400 m2 de cultura.

As Escolas de Amarante foram, como habitualmente, o público a quem, nos dias letivos, foi dedicado um cuidado programa. O espaço da Festa do Livro recebeu uma média de 250 crianças por dia que, tanto ouviram uma história, como falaram com um autor, cumprindo com o objetivo de se familiarizarem com o livro.

Todas as escolas do Agrupamento de Escolas de Amarante que estão na área da União das Freguesias de Amarante (S. Gonçalo), Madalena, Cepelos e Gatão visitaram a feira. Passaram ainda pelo evento o Centro Escolar Van Zeller Macedo, o 1º ciclo da EBI do Marão e o Infantário Creche o Miúdo.

Esta é uma iniciativa que conseguiu marcar um momento cultural em Amarante e que, segundo o seu principal dinamizador, Joaquim Pinheiro, presidente da União das Freguesias de Amarante, sofreu um crescimento em relação às anteriores edições.

“Tivemos um acréscimo de visitantes do público em geral nos feriados e fins-de-semana. Era este crescimento que nos faltava e que este ano foi conseguido. É uma iniciativa que provou que não abrange só o público escolar, mas está a atingir toda a população. Em termos de impacto cultural na sociedade foi muito positivo e superior aos anos anteriores”, avalia o autarca.

“Por exemplo, no dia 25 de abril fizemos duas atividades que mobilizaram muita gente, a tertúlia sobre o 25 de abril e a atuação do Coro Polifónico de Amarante. O mesmo aconteceu no fim-de-semana, houve uma grande afluência àquele espaço derivada da atividade sobre Amadeo de Souza Cardoso dirigida às crianças e promovida pelo T’Amaranto”.

Com um programa onde fizeram parte várias atividades culturais como encontros com escritores e apresentações de livros, representações infantis, animações musicais e tertúlias, a 5ª Edição da FESTA do LIVRO revelou-se um marco na agenda cultural amarantina, provando que o público do baixo Tâmega está cada vez mais educado para uma cultura literária.

GALERIA