1º Prémio de Literatura Infantojuvenil Ilídio Sardoeira

Depois da Festa do Livro, que a UF de Amarante organiza desde 2014, teve lugar este ano o 1º Prémio de Literatura Infantojuvenil Ilídio Sardoeira. A 29 de outubro serão apresentadas as obras vencedoras.

A União de Freguesias de Amarante (S. Gonçalo), Madalena, Cepelos e Gatão distingue, a 29 de outubro, os vencedores da primeira edição do Prémio de Literatura Infantojuvenil Ilídio Sardoeira, em cerimónia que terá lugar no Externato de Vila Meã.

Com duas modalidades de premiação – autores de língua portuguesa com mais de 18 anos e estudantes com idade entre os 15 e os 18, a frequentarem o ensino secundário no concelho, as vencedoras são, respetivamente, Anabela Borges e Maria Freitas.

Anabela Borges concorreu com o conto “Os dias pequenos” e Maria Freitas com “Mudança de estação”. Ambas as obras estão já editadas e serão apresentadas também a 29 de outubro.

A Festa do Livro

Com a realização do Prémio de Literatura Infantojuvenil Ilídio Sardoeira, a UF de Amarante pretende reforçar a intervenção cultural no seu território; promover a leitura e a escrita; oferecer uma oportunidade de afirmação a novos escritores, bem como resgatar do esquecimento e homenagear Ilídio Sardoeira, ilustre amarantino que foi escritor, poeta, político, conferencista, professor e pedagogo.

Esta iniciativa segue-se à Festa do Livro, que a autarquia organiza desde 2014, aberta a todos, mas especialmente dirigida a públicos escolares e que, na Primavera, durante uma semana, junta na cidade de Amarante autores e leitores de vários níveis de ensino, maioritariamente oriundos de escolas do concelho.